Posted in:

Como fazer uma ótima primeira impressão

Existem algumas regras, ocultas e bem claras, de como cuidar bem da sua imagem no primeiro momento. Veja quais são!

Dizem por aí que você nunca vai ter uma segunda chance para ter uma primeira impressão. Ou a primeira impressão é a que fica. As duas querem dizer a mesma coisa: não importa o quanto você pode ser mas sim o quanto pode mostrar.

É aquela fração mínima de sua vida que ficará marcada na mente de alguém pela primeira vez. E para momentos cruciais da vida, essa impressão pode ser derradeira para seus rumos futuros. E têm muitas vezes em que essa impressão acaba um tanto manchada, e por diversos motivos:

  • Pode não ser mesmo o seu dia, seja por cansaço ou por alguma situação estressante;
  • Talvez tenha acordado do lado errado da cama;
  • Ou pior ainda, não teve nem tempo de se barbear ou cuidar da aparência.

Não podemos nos enganar: aquele ali é você, mesmo que num mal dia. Mas não é você, não em todo seu potencial, ao menos. E para que você não se lamente muito depois, pelas situações que acaba perdendo por algum detalhe não percebido, nós vamos destrinchar toda essa questão.

A intenção é que você seja capaz de se preparar para qualquer situação de uma forma tranquila, mesmo com tudo ao redor não colaborando tanto. E para começar, aqui vai uma questão bem importante…

Por que a primeira impressão importa?

Homem com terno azul
A Primeira Impressão sempre é a que fica

Por alguma razão estranha, seres humanos são mais tendenciosos a levarem em conta a primeira impressão. De acordo com uma pesquisa feita por Olivia Fox Cabe em seu livro O Mito do Carisma, nós temos uma escolha entre mudar nossas opiniões sobre alguma coisa ou buscar provas de que não há motivos para mudar de opinião. Nós tendemos a ir às provas.

Uma vez que façamos um julgamento sobre alguém, tudo que vem depois disso é filtrado por nossas lentes opinativas, sejam elas a favor de alguém ou não. Então se você causa uma má impressão de primeira, não é que você não consiga recuperar… Mas você vai ter um pequeno trabalho para mudar toda essa questão.

Então, o que fazer para garantir uma ótima primeira impressão? De verdade? A resposta mais óbvia seria a seguinte: é bem vago, jovem. Sei que pode estar meio decepcionado agora, esperando pela solução dos problemas. Mas apesar de vago, suas respostas não chegam a ser tão complicadas de conseguir.

Trabalhando a comunicação não-verbal

Camisa xadrez masculina
Uma boa comunicação não-verbal é o primeiro passo para uma boa Primeira Impressão

Primeiro de tudo, é importante destacar essa comunicação não-verbal. É o que você diz sem dizer realmente nada. Existem algumas camadas de comunicação não-verbal. E na essência, você deve fazer com que todas elas trabalhem a favor de você e não contra você. Vamos ver como.

Sua apresentação diz muito sobre você… Goste ou não

Homem camisa social branca
Tenha uma boa postura, para causar uma Primeira Impressão positiva

Não é justo, na real, mas é a verdade na maior parte dos ambientes. Pessoas que não te conhecem de primeira vão fazer julgamentos baseados na forma como se veste, o que é sim um saco. O que não quer dizer que você não possa fazer bom uso desse detalhe.

Como você se veste? Não se trata necessariamente de buscar as peças mais caras e elegantes, mas sim de mostrar que você se cuida nos mínimos detalhes. É nisso que percebemos o quanto se demonstra a personalidade nos trajes e na dedicação dos mesmos.

E isso não inclui apenas as roupas, mas os cabelos penteados, os dentes escovados, unhas cortadas… São dessas preocupações que estamos falando.

Se você aparece em um evento para realizar aquele networking com jeans rasgado e aquela velha camiseta nerd que usa desde que saiu da faculdade, a ideia que você vai passar será bem diferente dos trajes mais sociais que a ocasião pede.

Dê energia a sua linguagem corporal

 

Logo em seguida temos a linguagem corporal, e este ponto é crucial. Se você tem uma postura ruim, provavelmente vai ser taxado ou de abatido ou de desleixo, no mínimo. Talvez você nem seja assim de fato, mas em um nível subconsciente, é isso que acaba passando para as pessoas à sua volta.

Quando você não trabalha bem a linguagem corporal, a impressão para o público é que te falta confiança, ou atenção nos detalhes, ou mesmo falta de interesse em estar naquela ocasião de verdade.

Então por que não buscar a abordagem oposta? Faça sua linguagem corporal representar a melhor versão de você. Mantenha a coluna reta, os ombros para trás, a cabeça firme, e o caminhar com confiança.

Atitudes simples como essa não só mandam uma mensagem mais positiva para fora, como manda algo mais animador para dentro de si. Fisiologicamente falando, ele traz mais equilíbrio na produção de cortisol e de testosterona, hormônios que interferem bastante na confiança nessas horas.

Pratique o Aperto de Mão de Confiança

Aperto de mão
Outra boa forma de causar uma Primeira Impressão legal é com um bom aperto de mão

Este é o ponto máximo na comunicação não verbal: o que seu aperto de mão diz sobre você? É um aperto meio mole, que deixa claro sua insegurança, ou é aquele aperto tão forte que ao invés de mostrar sua insegurança, você impõe um pouco mais de vontade sobre o outro?

Não precisa ser nem um, nem outro. O ideal é buscar algo entre esses dois extremos. O aperto de mão ideal é aquele firme, mas sem forçar a barra para o outro lado, nem demonstrar fraqueza. O aperto de mão é aquele ponto que você estabelece igualdade e confiança, aspectos muito importantes para causar uma boa impressão.

E quanto a comunicação verbal?

Comunicação
E por fim, seja comunicativo para uma boa Primeira Impressão

A apresentação é realmente bem importante, mas ela é 50% ou 60% daquilo que causa uma boa primeira impressão. A outra parte está na forma como você se comunica com seus interlocutores. E para tanto, a confiança no que você é e no que faz é igual ou tão importante quanto estar bem vestido. Pense em seus trajes como um cartão de visitas, enquanto seu traquejo social funciona como um complemento.

O equilíbrio é fundamental aqui, tanto quanto numa boa atenção com as roupas. Além de saber falar de si próprio – sem pompas, apenas ser direto naquilo que responde -, é importante saber escutar aquilo que lhe falam. Seja perguntas sobre o profissional ou o pessoal, estar com os ouvidos atentos demonstra bastante humildade da sua parte, bem como atenciosidade aos seus contatos.

Quando se equilibra confiança, atenção e uma dose de simpatia ao se apresentar, a primeira impressão vem naturalmente. Pratique isso diariamente em momentos pequenos e únicos do dia, para que as grandes oportunidades não sejam desperdiçadas. Ou ao menos tornem o caminho mais fácil no início. Não deixe de cuidar dos detalhes, e até a próxima!