Posted in:

Como fazer uma boa mala de viagem

Saiba organizar bem tudo o que precisa para viajar tranquilo

Férias de meio de ano e finalmente aquela oportunidade para viajar ou ao menos sair uns dias fora de casa surgiram para o merecido descanso. Você trabalhou pra caramba e merece um pouco desse descanso, certo?

Mas fazer a mala de viagem costuma ser um pesadelo, ou no mínimo um sonho de febre, quando você realmente não tem uma noção do que precisa para viajar dura muito ou pouco tempo, o quanto precisa levar, entre outros fatores.

À esta altura do mês, é possível que você esteja em cima da hora de resolver essa questão, e para não ficar se estressando ou se constrangendo ao pedir ajuda a amigos, namoradas ou para seus pais enquanto corre de um lado a outro pela casa, vamos te dar umas boas dicas para fazer uma boa mala de viagem. Você vai ver como é tranquilo.

Comece a fazer a mala de viagem com uma checklist

Mala de Viagem

Antes de você abrir sua mala de rodinhas ou aquele mochilão para o fim de semana, faça uma lista de tudo o que precisa levar na viagem, pra não ficar com aquela mão na testa em desespero por que esqueceu aquele item minúsculo que só se dá conta quando já está pronto para embarcar.

É bom lembrar que, tal como o autor Robert Crumb comenta, tudo o que precisa pra vida deve caber em uma mochila, e assim é com sua mala de viagem. Eu sei que você está me olhando agora com a testa franzida, mas um erro comum é justamente entupir a mala sem dar a chance de trazer alguma coisa de onde vai. Considere detalhes como o clima, os dias que vai passar a viagem, e o próprio ambiente em si.

Para não criarmos uma lista que levaria até o fim do post com tudo o que você precisa para viagem, e sabendo que isso é algo bem pessoal, vamos colocar as coisas da seguinte maneira:

  • Faça uma lista de tudo o que considera essencial e indispensável (pode incluir aqui headphones, celular, um livro ou Nintendo Switch talvez…)
  • Faça uma segunda lista para suas roupas, considerando os dias de viagem, se há opção de lavá-las, e os tipos de roupas (formais, informais, pra usar no hostel, roupas de dormir, e por aí vai);
  • Faça uma terceira lista para os itens obrigatórios (itens de higiene, documentos, ferramentas como canivete, e roupas íntimas).

Com tudo isso bem separado, fica fácil juntar os itens que precisa para sua mala, inclusive sabendo se você vai poder ou não deixar aquele espaço livre para trazer aqueles presentes de fora. Ah, e faça isso em um pedaço de papel ou no computador, para ter um controle mais claro do que já está separado e o que falta.

Pensando no Guarda-Roupa

Olha como a Mala de Viagem pode ficar prática com seu guarda-roupa

Por incrível que pareça, essa é a parte de maior tormento para muitos caras. Além do fator clima que mencionamos acima, tem alguns detalhes que pouca gente leva em conta nessas horas. Você sabe como é a cultura do local? Como eles se vestem, ou como lidam com o pessoal de fora? Em qual estação você vai?

Essas questões vão te dar uma noção de como se organizar com as roupas na hora de montar a mala de viagem. Para facilitar um pouco sua vida, vamos considerar as seguintes opções na hora de montar sua mala. Como base, vamos considerar ao menos 5 dias de viagem, e a opção de lavar estas roupas. Altere os números de acordo com o número de dias e com o clima do local onde vai.

  • 2 ou 3 pares de camisetas, seja para conhecer a região “de boas”, ou para aquelas saídas casuais a noite;
  • 1 ou 2 camisas polo para situações informais, mas que pedem por um pouco mais de requinte;
  • Camisas sociais para jantares e ocasiões um pouco mais especiais. 1 par é suficiente;
  • 1 par de agasalhos para ambientes mais frios. Podem ser blazers, suéteres, casacos de moletom… Depende da ocasião.
  • 1 par de calças, uma para ocasiões mais informais, e outra para momentos especiais.
  • 1 par de bermudas, com os mesmos objetivos.

Com aqueles outros pontos que consideramos antes em sua lista, vai ficar mais fácil de organizar sua mala sem te sobrecarregar. Te garanto que vai ser tranquilo.

Arrumando o lado higiênico

Não esqueça dos itens higiênicos na Mala de Viagem

E é aqui que esquecemos de guardar muitas coisas que vão fazer falta de verdade só lá na frente. Tá certo que existem farmácias e outras coisas do tipo em aeroportos ou próximo a rodoviárias, mas quando você repor o que esqueceu num lugar desses e ver o preço dos mesmos, vai se arrepender amargamente de ter esquecido.

Por isso é primordial que você já tenha uma parte bem definida dos itens de higiene que não podem faltar na sua mala de viagem. Kits de barbear são caros pra caramba em drogarias perto de aeroportos, então é bom começar sua arrumação por eles. O mesmo vale para o cuidado com a pele, principalmente se for para uma região de clima bem diferente de onde mora.

Ah, e uma dica importante, rapaz. Tanto o kit de barbear como de cuidados com a pele, como outros como para os dentes e os cabelos, devem estar todos separados em necessárias ou estojos diferentes. A higiene começa justamente na conservação deles, e deixar solto na mala é perigoso.

Se há uma exceção para esses casos, são apenas os desodorantes e escovas de cabelo. Se tiver uma barba cheia, considere um kit para barba também, e um pente de acordo. Se for o caso, considere um repelente de insetos também, só para garantir uma boa noite de sono.

E o restante?

Mala de Viagem

Então, agora que fomos de cima para baixo naquele primeiro checklist, e estamos finalizando de baixo para cima, vamos aos itens indispensáveis e essenciais para você. De certa forma, só você mesmo vai ter certeza de quais são esses itens – o que vamos fazer aqui é apenas listar algumas alternativas que você pode considerar ou não.

Nem preciso falar que documentos aqui são uma parte indispensável, certo? Inclui não apenas passaportes e documentos pessoais, como cartões de crédito/débito, carteiras de planos de saúde, entre outros documentos que não podem faltar em nenhum momento.

Quanto aos gadgets, seja sucinto. Smartphones são importantes para qualquer momento devido a sua comunicação, bem como carregadores portáteis e um plug universal pra não se lascar com os diferentes padrões por aí. Outros aparelhos, como headphones, videogames e coisas do tipo são opcionais – leve-os só se forem muito importantes.

No mais, é curtir sua mala de viagem, jovem. O legal aqui é levar realmente o indispensável para que não fique com um modelo tão pesado a toa. Agora que está tudo pronto, aproveite sua viagem, e na volta nos diga como foi a experiência. Até a próxima!