Posted in:

Veja como se preparar para a primeira viagem internacional

Quando surge a oportunidade de fazer a primeira viagem internacional, a empolgação toma conta. Mas é importante saber como se preparar adequadamente para embarcar sem erros nessa nova experiência. O desafio é não exagerar na bagagem e nem se esquecer dos itens essenciais. Entretanto, muitas pessoas acabam se atrapalhando nesses pontos.

Mas há ainda muitas outras providências com que se preocupar. Por isso, vamos mostrar agora como se preparar para a sua primeira viagem ao exterior. Nossas dicas farão toda a diferença nessa empreitada. Confira!

1. Prepare o passaporte e outros documentos

Para uma viagem internacional, o passaporte é um item quase obrigatório. Apenas os países da América do Sul e alguns da América Central não o exigem e permitem a entrada de um visitante no país apenas com o RG . Para ter certeza se você vai precisar dele ou não, consulte o Consulado mais próximo do país para onde você vai.

É preciso ficar atento à validade do passaporte, que deve ser de, pelo menos, seis meses antes do vencimento. Quem ainda não tem o documento deve solicitá-lo com antecedência para evitar que a demora do processo atrapalhe a sua viagem.

Dependendo do seu destino, será necessário também obter o visto de acesso. Cada país tem regras e valores distintos para emitir o documento. Então, assim que receber o passaporte, deve, imediatamente, dar entrada no pedido de visto, pois o processo também pode ser demorado.

Alguns países também exigem o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), uma espécie de cartão de vacinas internacional, que deve estar preenchido com informações sobre imunizações contra determinadas doenças como a febre amarela. A emissão deste documento é feita pela ANVISA e pode ser providenciado no próprio aeroporto.

Para quem não consegue viajar sem o bichinho de estimação, é preciso obter o Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), emitido pelo fiscal agropecuário ou médico veterinário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

2. Reserve dinheiro para a viagem

O destino e o tempo de viagem definirão o quanto você precisará reservar para gastar durante a viagem. Para organizar o orçamento, faça um levantamento de preços de hotel, alimentação, passeios, transporte e compras. Uma forma interessante de fazer isso é conversando com viajantes experientes, por meio de grupos de viagens nas redes sociais, por exemplo. Assim, dá para ter noção da média diária de gastos.

Não confie em levar apenas cartões de crédito ou pré-pago. Tenha consigo também dinheiro em espécie, pois você pode precisar em casos de emergência. Além disso, pode ser que você se interesse por comprar um produto em algum estabelecimento que não aceita cartão e, para piorar a situação, não ter caixa eletrônico por perto para você sacar.

Viagens costumam levar ao descontrole de gastos, principalmente quando é a primeira internacional. Então, tome cuidado para que os valores para pagar as suas contas fixas não sejam comprometidos. Deixe tudo pago antes de embarcar ou faça uma reserva para usar quando voltar. Assim, você evitará problemas.

3. Contrate seguro de viagem

Muitos países exigem a contratação de seguro de viagem. Mas mesmo que não seja obrigatório no lugar para onde você pretende ir, é melhor não descartar esse seguro. É importante viajar prevenido, principalmente para as emergências de saúde. No exterior, os serviços hospitalares são muito caros e nem sempre há assistência médica pública disponível.

Além dos serviços de saúde, os seguros de viagem oferecem outras coberturas: extravio ou perda de bagagem, cancelamento de voo, atendimento à gestante, entre outras. Para que tudo seja perfeito, é sempre bom embarcar com a segurança e a tranquilidade que um seguro de viagem garante.

4. Faça o roteiro

Pesquise, pesquise e pesquise! Faça isso antes de viajar e procure conhecer tudo o que os locais que você vai visitar têm a oferecer. Essa é a melhor forma para você aproveitar bem a viagem.

Há vários métodos para montar um roteiro; encontre aquele que for melhor para você. Mas não poupe tempo para buscar informações sobre os pontos turísticos, atrações locais, meios de transporte, festas, localizações, hotéis, preços; e tudo bem detalhado. Conversar com quem já viajou para ou morou no lugar que você pretende conhecer contribuirá muito para o seu planejamento.

Mas lembre-se de considerar sempre os seus gostos, necessidades e expectativas. Nem sempre o que é bom para todos será também para você.

5. Prepare a mala adequadamente

Uma das ocorrências mais comuns em viagem é o exagero no volume da mala. Para a primeira viagem internacional então, nem se fala. Não há necessidade de levar todos os seus pertences por medo de faltar algo. Seja objetivo.

Para começar a montar a mala, verifique em que estação do ano sua viagem acontecerá. Assim, você direciona o seu foco para a escolha das peças apropriadas.

Mas lembre-se de que há limite de peso para despachar as malas e regras sobre o que pode ser levado ou não.

Prepare também uma bagagem de mão para levar os aparelhos eletrônicos (muito sensíveis para serem despachados pela companhia aérea), objetos de valores (para não correr o risco de perdê-los em casos de extravio) e uma muda de roupa (outra prevenção, caso a mala seja extraviada). Outra recomendação é que todos os documentos e todo o dinheiro devem ser levados na bolsa ou carteira.

6. Esteja preparado para a hora de embarcar

É impossível fugir da ansiedade que o dia D gera. Então, para tudo sair perfeito, prefira  roupas e calçados bem confortáveis, pois os voos são longos e cansativos, e leve nas mãos um casaco, já que no avião costuma fazer frio.

Por motivos de segurança, é bom deixar todas as informações referentes à sua viagem com alguém de confiança: cópia de documentos, dados do(s) local(is) de hospedagem, roteiro de viagem e itinerário de voos.

Programe-se para chegar ao aeroporto com bastante antecedência: pelo menos três horas antes do horário previsto para o embarque. E antes de sair de casa, cheque se está com todos os documentos que você precisará para viajar.

Na hora do check-in, você pode tirar todas as dúvidas pertinentes como informações sobre processo de imigração do país de destino ou se as malas seguirão até o ponto final ou se será preciso despachá-las novamente em uma eventual conexão. E não se esqueça de confirmar se o programa de milhas está correto.

Caso o seu voo tenha conexão, peça orientação aos comissários. Os aeroportos internacionais costumam ser muito grandes. Então, é preciso ficar atento aos horários. Dirija-se direto ao portão do seu próximo voo para não correr o risco de perdê-lo.

Quando chegar ao destino final, desembarque com o passaporte já nas mãos, pois você precisará passar pelo setor de imigração, em que você será avaliado antes de entrar no país. Apesar de ser comum o medo de enfrentar esse momento, se tudo estiver certinho, o seu passaporte receberá o primeiro carimbo internacional, você terá os seus registros de foto e digital e a sua entrada no país será liberada.

Com essas dicas, a sua primeira viagem internacional tem tudo para ser perfeita. Boa viagem!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *